Rótulos químicos: saiba tudo sobre esse material!

 em Rótulos

A rotulagem correta de produtos químicos é primordial por fornecer informações não somente sobre segurança, como de saúde e que dizem respeito ao meio ambiente também. Sua necessidade surge no momento em que os produtos apresentam riscos que podem danificar fisicamente quem o manipulará.

Quer entender melhor sobre como as informações devem ser dispostas nas embalagens? Confira abaixo mais sobre o assunto!

Como identificar produtos químicos?

Além da sinalização de potenciais perigos de uma determinada substância, faz-se imprescindível informar aos consumidores da forma mais clara e direta possível, tendo como intuito a prevenção de acidentes ou efeitos nocivos ocasionados de uma exposição incorreta ao produto. Em razão disso, a legislação brasileira determina que existem informações específicas que devem estar presentes nos rótulos de produtos químicos, sendo elas:

• Identificação do produto;
• Pictograma de perigo;
• Telefone emergencial do fornecedor;
• Frases de precaução;
• Frases de advertências;
• Composição química;
• Informações suplementares.

Como os produtos químicos são classificados?

A classificação é feita de acordo com os riscos que cada produto pode oferecer, existindo assim, três grandes categorias: perigos físicos, perigos à saúde e perigos ao meio ambiente.

Já a ONU também desenvolveu sua classificação, onde determina que produtos químicos compõe 09 classes:

• Explosivos;
• Gases;
• Líquidos inflamáveis;
• Substâncias corrosivas;
• Substâncias perigosas diversas;
• Material radioativo;
• Substâncias tóxicas e substâncias infectantes;
• Substâncias oxidantes e peróxidos orgânicos.

Como interpretar a Ficha de Segurança de Produtos Químicos

A Ficha de Segurança de Produtos Químicos, ou FISPQ, por conter as propriedades físicas e químicas das substâncias, instruções de manuseio, orientações para armazenagem, formas de descarte e transporte e ser fornecida e elaborada pelo fabricante do produto, é uma tida como um manual de uso. Além disso, ela precisa conter, claramente também, 16 seções descrevendo a identificação, composição, medidas de primeiros socorros, as propriedades toxicológicas, etc.

Há também o Diagrama de Hommel, que serve como fonte de informações sobre os produtos químicos, informando por meio de simbologia o nível de perigo de cada substância. Representado por 4 quadrados de cores distintas, onde cada uma significa um teor de risco:
• Vermelho: inflamabilidade;
• Amarelo: reatividade;
• Azul: risco à saúde;
• Branco: perigos ainda mais especiais, como ácido forte, gás asfixiante ou substância radioativa.

E nesse esquema, cada cor é identificada em uma escala de 0 a 4, significando o nível do perigo.

Rótulos químico

Por fim, fornecer as informações sobre cada substância perigosa de forma correta e eficaz é indispensável para contribuir com a proteção dos usuários.
Aqui na Alfaprint Derpac você encontra uma equipe especializada para lhe orientar na fabricação de rótulos para produtos químicos. Entre agora mesmo em contato!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Rótulos personalizados material